Justiça censura Estado e proíbe informações sobre Sarney

01/08/2011 15:41

 

Gravações em áudio proibidas revelaram ligações do presidente do Senado com os atos secretos da Casa

31 de julho de 2009 | 19h 25
 
Felipe Recondo, de O Estado de S.Paulo

O desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), proibiu o jornal O Estado de S. Paulo e o portal Estadão de publicar reportagens que contenham informações da Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica. O recurso judicial, que pôs o jornal sob censura, foi apresentado pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) - que está no centro de uma crise política no Congresso.

Leia o texto na íntegra clicando neste link:

<span style="font-size:12.0pt; font-family:" times="" new="" roman","serif";times="" roman";="" color:#363636;background:white;"="">

 

  http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,justica-censura-estado-e-proibe-informacoes-sobre-sarney,411711,0.htm 

Cadastre-se e receba gratuitamente as nossas matérias em seu e-mail.
Digite aqui o seu e-mail, depois clik em assinar:
NOTA: O seu provedor de email poderá acidentalmente colocar o e-mail de confirmação de cadastro em sua pasta "Lixo Eletrônico". Por favor verifique a pasta "Lixo Eletrônico" caso você não visualise o e-mail de confirmação de cadastro em sua caixa de entrada dentro de 15 minutos após efetuar o cadastro.