EUA ficaram a US$ 25 milhões de dar calote em credores

02/08/2011 21:27

 

2 de agosto de 2011 | 16h13

Sílvio Guedes Crespo

barack_obama_reuters_jason_reed_02082011__.jpg

Os Estados Unidos, que aumentam sua dívida pública em US$ 5 bilhões a cada dia útil, teriam o direito de tomar só mais US$ 25 milhões emprestados caso o Congresso não aprovasse a elevação de US$ 900 bilhões no teto do endividamento.

 

Leia o texto na íntegra clicando neste link:

http://blogs.estadao.com.br/radar-economico/2011/08/02/eua-ficaram-a-us-25-milhoes-de-dar-calote-em-credores/<span style="font-size:12.0pt; font-family:" times="" new="" roman","serif";times="" roman";="" color:#363636;background:white;"="">

 

 

Cadastre-se e receba gratuitamente as nossas matérias em seu e-mail.
Digite aqui o seu e-mail, depois clik em assinar:
NOTA: O seu provedor de email poderá acidentalmente colocar o e-mail de confirmação de cadastro em sua pasta "Lixo Eletrônico". Por favor verifique a pasta "Lixo Eletrônico" caso você não visualise o e-mail de confirmação de cadastro em sua caixa de entrada dentro de 15 minutos após efetuar o cadastro.